O impacto da tecnologia no mercado segurador: a sua empresa está a acompanhar as novidades?

Já não se trata de mais uma simples tendência ou de projetar o futuro: as tecnologias digitais já estão a mudar o mundo, e não só na forma como as pessoas se comunicam. A pandemia expôs com maior clareza a dimensão desta realidade e acelerou os cronogramas de alguns setores, nomeadamente aqueles relacionados com a saúde, mas essa transformação estendeu-se de maneira generalizada, melhorou processos e proporcionou inúmeras vantagens para empresas e consumidores.

Já não se trata de mais uma simples tendência ou de projetar o futuro: as tecnologias digitais já estão a mudar o mundo, e não só na forma como as pessoas se comunicam. A pandemia expôs com maior clareza a dimensão desta realidade e acelerou os cronogramas de alguns setores, nomeadamente aqueles relacionados com a saúde, mas essa transformação estendeu-se de maneira generalizada, melhorou processos e proporcionou inúmeras vantagens para empresas e consumidores.
 
O mercado segurador português acompanhou de perto estes avanços e investiu consistentemente em novas tecnologias, com destaque para as ferramentas de inteligência artificial, cujo alcance cresce a um ritmo surpreendente. Um estudo da consultoria Juniper Research [https://www.juniperresearch.com/researchstore/fintech-payments/insurtech-research-report/subscription/impact-assessments-insurer-readiness] previu que o valor dos prémios contratados através da utilização de inteligência artificial saltará de 1,3 mil milhões de dólares em 2019 para mais de 20 mil milhões de dólares em 2024 – 15 vezes mais
em apenas cinco anos –, impulsionado por processos de contratação simplificados e mais rápidos e pela redução dos custos operacionais.
 
Hoje, a digitalização e a inteligência artificial estão presentes em quase todas as rotinas das empresas de seguro, da gestão e pagamento de sinistros até à subscrição, faturação, gestão das apólices e atendimento médico. Ao mesmo tempo, através da mineração e da análise de dados em grande escala, a tecnologia digital permite a rápida identificação das tendências do mercado e proporciona às empresas seguradoras as ferramentas capazes de responder às novas necessidades dos consumidores.
 
Os sensores que incorporam a internet das coisas, por exemplo, podem fornecer dados de comportamento que permitem a redução do custo do seguro automóvel para motoristas mais cuidadosos, assim como os hábitos saudáveis podem resultar em preços mais baixos no seguro de saúde. A inteligência artificial também permite um relacionamento personalizado com o consumidor através de assistentes virtuais, atendimento a pedido e outras interfaces online. Ao mesmo tempo, para as empresas, a tecnologia simplifica os processos administrativos e reduz custos operacionais importantes.
 
A RNA tem pleno conhecimento de que atua num setor particularmente sensível, cujos serviços muitas vezes são requisitados em situações difíceis, que requerem um atendimento ágil e eficiente e proporcionem segurança e tranquilidade ao cliente. O investimento em tecnologia deve resultar diretamente num benefício real para os clientes, tornando as suas vidas mais simples e confortáveis.
 
Na RNA Assistência, os benefícios da tecnologia são percebidos com clareza na prestação de serviços como telemedicina, prescrição médica digital, comunicação multicanal, automatização nos processos de solicitação de prestadores, assistência a veículos por geolocalização e soluções sob medida, entre vários outros. As ferramentas digitais são utilizadas pela RNA, principalmente para que o cliente tenha uma voz ativa e seja o centro das atenções sempre que precisar, 24 horas por dia, sete dias por semana. 

RElated Posts
Certificación NP ISO9001:2008
25 Jan, 2015
IAG Academy - ¡RNA estuvo presente!
09 Out, 2014